Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Amaraji, Maraial, Quipapá, Ribeirão e Xexéu voltam a registrar novas mortes por Covid-19

Números foram atualizados no boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) neste sábado (03).

Publicado em

às

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, neste sábado (03/07), 2.605 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 146 (5,6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.459 (94,4%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 557.293 casos confirmados da doença, sendo 49.876 graves e 507.417 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 474.232 pacientes recuperados da doença. Destes, 28.627 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 445.605 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 75 novos óbitos (38 masculinos e 37 femininos), ocorridos entre os dias 29/03/2021 e 02/07/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Afogados Da Ingazeira (1), Agrestina (1), Amaraji (1), Araçoiaba (1), Betania (1), Cachoeirinha (1), Caetés (1), Camaragibe (2), Caruaru (6), Cumaru (1), Exu (1), Garanhuns (2), Gravatá (1), Ipubi (4), Jaboatão Dos Guararapes (1), João Alfredo (1), Lagoa Grande (1), Maraial (1), Olinda (3), Ouricuri (1), Parnamirim (1), Petrolina (2), Quipapá (1), Recife (22), Riacho das Almas (2), Ribeirão (1), Santa Cruz do Capibaribe (1), Sao Benedito do Sul (1), São Caitano (1), São Joaquim do Monte (2), Serra Talhada (1), Sertânia (1), Tacaratu (2), Trindade (2), Tuparetama (1), Xexéu (2). Com isso, o Estado totaliza 17.841 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 15 e 91 anos. As faixas etárias são: 10 a 19 (1), 20 a 29 (1), 30 a 39 (3), 40 a 49 (14), 50 a 59 (19), 60 a 69 (13), 70 a 79 (13), 80 ou mais (11). Do total, 53 tinham doenças preexistentes: diabetes (23), doença cardiovascular (22), hipertensão (15), obesidade (10), doença renal (4), tabagismo/histórico de tabagismo (3), AVC (2), imunossupressão (2), câncer (1), doença neurológica (1), doença respiratória (1), doença reumatológica (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 30.398 casos foram confirmados e 53.450 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

BALANÇO DA VACINAÇÃOPernambuco já aplicou 4.323.530 doses de vacinas contra a Covid-19 na sua população, desde o início da campanha de imunização no Estado. Desse total, 1.143.094 pernambucanos completaram seus esquemas vacinais, sendo 1.085.612 pessoas que foram vacinadas com imunizantes aplicados em duas doses e outros 57.482 pernambucanos que foram contemplados com vacina aplicada em dose única.

Em relação às primeiras doses, foram 3.180.436 aplicações. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 306.651 trabalhadores de saúde; 26.073 povos indígenas aldeados; 43.367 em comunidades quilombolas; 7.700 idosos em Instituições de Longa Permanência; 667.968 idosos de 60 a 69 anos; 602.957 idosos de 70 e mais; 1.554 pessoas com deficiência institucionalizadas; 395.203 pessoas com comorbidades; 30.105 pessoas com deficiência permanente; 58.261 gestantes e puérperas; 307.922 trabalhadores de serviços essenciais; 1.029 pessoas em situação de rua; 23.488 pessoas privadas de liberdade, além de 708.158 pessoas de 18 a 59 anos.

Em relação às segundas doses, já foram beneficiados 221.233 trabalhadores de saúde; 25.804 povos indígenas aldeados; 17.404 em comunidades quilombolas; 5.785 idosos institucionalizados; 310.860 idosos de 60 a 69 anos; 496.134 idosos de 70 e mais; 1.181 pessoas com deficiência institucionalizadas; 1.740 pessoas com comorbidades; 5.471 trabalhadores de serviços essenciais; totalizando 1.085.612 pernambucanos.

Em relação à dose única, foram beneficiadas 906 idosos de 60 a 69 anos; 128 idosos de 70 anos e mais; 955 pessoas com comorbidades; 73 pessoas com deficiência permanente; 6.530 trabalhadores de serviços essenciais; 88 pessoas em situação de rua, além de 48.802 pessoas de 18 a 59 anos.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10 | O Portal que faz a Diferença.