Nos siga nas redes sociais

Esportes

Algoz do Brasil na Copa de 1950, Ghiggia morre no aniversário da final

O ex-jogador uruguaio Alcides Eduardo Ghiggia faleceu

Publicado

em

ás

O ex-jogador uruguaio Alcides Eduardo Ghiggia faleceu nesta quinta-feira, em Montevidéu, aos 88 anos. O jogador marcou o gol do título da seleção do seu país contra o Brasil na Copa do Mundo de 1950. Exatamente 65 anos depois de se tornar o famoso carrasco do Brasil naquele Mundial disputado em casa, ele morreu em decorrência de uma parada cardíaca.

Ghiggia era o último jogador vivo que disputou a decisão daquela Copa, jogada no Maracanã exatamente no dia 16 de julho de 1950. O ex-ponta direita, de ascendência italiana, começou a carreira no Peñarol, onde jogou por cinco anos, até se transferir para a Itália, onde defendeu o Roma e o Milan. Antes de se aposentar, voltou ao seu país, onde defendeu também o Danúbio.

Ídolo no Uruguai e algoz no Brasil, Ghiggia fez o segundo gol da vitória por 2 a 1, de virada, na última rodada do quadrangular final da Copa do Mundo. A seleção brasileira jogava pelo empate e abriu o placar, com Friaça, já no segundo tempo. Schiaffino igualou e o então jogador do Peñarol anotou o gol que deu à Celeste o segundo título mundial.

Ghiggia esteve no Brasil durante a última Copa do Mundo, em 2014, durante eventos promocionais. No ano anterior participou dos sorteios dos grupos, realizado na Costa do Sauipe, na Bahia.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.