Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Alepe debate acidentes de moto em Pernambuco

Aluísio Lessa ressaltou o quanto é preocupante o quadro de acidentes que envolvem motociclistas

Publicado

em

ás

O deputado estadual Aluísio Lessa (PSB) promoveu, nesta quinta-feira (28), na Alepe, um Grande Expediente sobre a frequência de acidentes de moto em Pernambuco. No plenário do Palácio Joaquim Nabuco, representantes do Detran, Secretaria de Saúde, Polícia Rodoviária Federal, Denatran e do Comitê de Prevenção aos Acidentes de Moto em Pernambuco (Cepam) discutiram soluções em prol da redução de acidentes.

Com números duas vezes maiores aos que a Organização Mundial de Saúde considera como epidemia, 22 mortes para cada 100 mil habitantes, Pernambuco tem um quadro mais do que alarmante em acidentes de moto. O problema se estende por todo Estado, uma vez que as motocicletas são o transporte mais utilizado pela população do interior.

Criado com o intuito de desenvolver soluções de prevenção, o CEPAM se depara com uma situação calamitosa. Dados do Hospital da Restauração, o maior em urgência e emergência de Pernambuco, apontaram atendimentos a 10.075 vítimas de acidentes de motocicleta entre setembro de 2013 e setembro de 2014. O número registra que os acidentes ocuparam mais de 90% dos leitos no setor de traumatologia, gerando um custo aos cofres públicos de aproximadamente R$ 31,8 milhões.

Sabedores do ônus ao qual o Estado está sendo sujeito, os presentes à mesa do Grande Expediente foram unânimes em afirmar a necessidade de investir em prevenção e educação sobre o trânsito. Paralelo a isso, a legislação precisa agir de forma ainda mais rigorosa. Fiscalização e punições severas foram vistas pelos convidados como ações efetivas de combate.

Autor da lei que obriga as montadoras e revendedoras de motos (das mais diversas cilindradas) a oferecerem curso de formação de condutores para seus clientes (14.771 / 2012), Aluísio Lessa ressaltou o quanto é preocupante o quadro de acidentes que envolvem motociclistas em Pernambuco. Segundo ele, é preciso uma cooperação entre Estado e sociedade. O socialista relatou que a iniciativa da assembleia tenha sido o pontapé inicial no combate a este sério problema de saúde pública.

“Vamos reforçar as soluções que já existe como a utilização dos centros de treinamento de condutores das montadoras e sugerir até mesmo que um percentual do FEM seja destinado às cidades que conseguirem abaixar seus índices de acidentes causados por motos”, declarou o parlamentar.

Continue Reading
Publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2013 - 2021 PortalPE10.