Alagoas
Publicada em 09/11/2018 às 13h41. Atualizada em 09/11/2018 às 14h28
Comissão de Direitos Humanos da OAB pede investigação de operação com 11 mortos
Onze suspeitos de assalto a banco morrem em ação policial no Sertão de Alagoas
Por: Marcos André Fonte:G1


Ricardo Moraes, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB-AL), Ricardo Moraes, confirmou nesta sexta-feira (9) que a instituição quer saber mais detalhes sobre a operação policial realizada no Sertão do estado, onde 11 suspeitos de assalto a banco foram mortos.

As imagens divulgadas pelas redes sociais da Divisão Especial de Investigação e Captura (Deic) chamaram a atenção da OAB-AL, e teriam motivado a solicitação de mais informações sobre a ocorrência.

Segundo o presidente da comissão, o secretário de Segurança Pública, Paulo Lima Júnior, já foi informado que um ofício será entregue até no máximo a próxima segunda-feira (12). “Sempre presumo que a informação oficial é verdadeira, mas precisamos de equilíbrio na apuração dos elementos”, explicou. “É preciso quebrar essa fama de que o Direitos Humanos só defende bandido, por isso queremos o máximo de transparência”, acrescentou.

A Secretaria de Segurança Pública, que por meio da assessoria de imprensa, informou que não irá se pronunciar por enquanto. O secretário Lima Júnior não atendeu as ligações.


Na varanda da casa em Alagoas onde morreram suspeitos de assalto a banco, roupas e sangue no chão â?? Foto: Janisson Umbelino/TV Gazeta

A ação

Os suspeitos foram mortos em confronto com policiais, que cercaram a casa onde eles estavam escondidos, na cidade de Santana do Ipanema, para repartir o fruto do último assalto ocorrido no interior de Pernambuco.

Já foram identificados: Francisco das Chagas Vieira de Barros, 32 anos, natural de Água Branca, Piauí; Adjane da Silva, 30 anos, natural de Santana do Ipanema (AL); Carlos Alberto de Lima, aproximadamente 30 anos, natural de Arapiraca (AL); Manuel Bezerra de Almeida, idade não informada, natural de Paulo Afonso (BA); Evandro de Paula Lima Silva, 34 anos; José Feitosa Filho, 30 anos.

Oficialmente, o IML confirma apenas a identificação de Adjane, Evandro e José Feitosa. Os nomes dos demais foram informados por familiares.

Tags: Cotidiano, Brasil,
Brasil
Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Brasil
Homem é preso por abuso após tentar degolar cachorro dentro de casa
Tecnologia
Pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep começa nesta terça-feira
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.