4,9 mil casos confirmados
Publicada em 08/11/2018 às 15h04. Atualizada em 08/11/2018 às 15h04
Pernambuco registra aumento de 22,8% nas notificações de casos de dengue
Notificações de zika cresceram 41,4%, mas 890 dos 1.075 casos notificados foram descartados.
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


Aedes aegypti fêmea é a transmissora da febre amarela, dengue, zika e chikungunya no Brasil â?? Foto: Pixabay/Divulgação

Pernambuco registrou um aumento de 22,8% das notificações de dengue. Dentre 19.748 casos suspeitos, entre 31 de dezembro de 2017 e o sábado (3), foram confirmados 4.946 casos da doença e descartados 8.080. Os outros seguem em investigação. Os dados sobre as arboviroses, doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, foram divulgados nesta quinta-feira (8) pela Secretaria de Saúde (SES).

Em 2017, no mesmo período, foram feitas 16.082 notificações de possíveis casos da doença. A dengue também ocasionou a morte de uma mulher de 53 anos, em fevereiro de 2018, em Paulista, no Grande Recife.

Até o sábado (3), Pernambuco também confirmou 47 casos de zika, entre os 1.075 casos suspeitos no período. O número é 41,1% maior do que as 753 notificações feitas no mesmo período do ano passado. Ainda dentro do total de notificações de zika em 2018, 890 casos foram descartados.

Em relação à chikungunya, houve 496 confirmações de casos da doença no estado, dentro de 2.811 casos suspeitos, 42,2% a mais do que em 2017. Ainda no universo dos casos supeitos, 1.657 foram descartados pelos médicos, segundo a SES.

Ainda de acordo com a secretaria, 48 municípios do estado estão em situação de risco de surto de arboviroses, segundo o Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti. Outras 96 cidades estão em situação de alerta.

Tags: ,
Brasil
Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Brasil
Homem é preso por abuso após tentar degolar cachorro dentro de casa
Tecnologia
Pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep começa nesta terça-feira
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.