Brasil
Publicada em 07/11/2018 às 13h54. Atualizada em 07/11/2018 às 13h54
Senado pode votar aumento do salário dos ministros do STF ;Bolsonaro critica
Senado inclui na pauta de votação reajuste para ministros do STF e procurador-geral
Por: Marcos André Fonte:G1


Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza reunião com 28 itens. Na pauta, o PLC 99/2017, que aumenta valor das taxas nos cartórios do DF.  Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Senado decidiu nesta terça-feira (6) incluir na pauta de votação a análise de dois projetos que preveem reajuste para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e para o procurador-geral da República. Na prática, com a decisão, o reajuste já pode ser votado no plenário a partir desta quarta-feira (7).

Para a votação acontecer, porém, o presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB-CE), terá de designar um senador para relatar os projetos em plenário. Ou seja, deverá opinar favoravelmente ou contrariamente ao reajuste. Depois disso, o texto será votado.

 

Entenda

 

Apresentados pelo STF e pela PGR, os dois projetos foram aprovados pela Câmara em 2016.Os textos preveem que, a partir de junho de 2016, os salários de ministros do STF e do procurador-geral da República passariam de R$ 33,7 mil para R$ 36,7 mil e, a partir de janeiro de 2017, R$ 39,2 mil.

Caberá ao relator designado por Eunício Oliveira propor a partir de quando os reajustes vão valer ou se a diferença acumulada até a aprovação do projeto será paga de forma retroativa.

Tags: Cotidiano, Brasil,
Tecnologia
Pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep começa nesta terça-feira
Empregos
Suposta seleção de emprego leva milhares de pessoas ao Cabo de Santo Agostinho
Palmares
Caminhão danifica o baú ao passar sob pontilhão em Palmares
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.