Entretenimento
Publicada em 01/11/2018 às 12h10. Atualizada em 01/11/2018 às 12h10
Fábio Assunção abre o jogo sobre prisão após ingerir bebida alcoólica em Arcoverde,PE
Ator comentou sobre episódio em que foi preso em Pernambuco
Por: Marcos André Fonte:G1


Fábio Assunção quebrou o silêncio sobre polêmicas envolvendo drogas no "Conversa com Bial"

Fábio Assunção quebrou o silêncio e comentou abertamente sobre as polêmicas em torno de sua vida pessoal, incluindo o episódio em que foi preso em Pernambuco, em entrevista ao “Conversa com Bial”, da Globo, na madrugada desta quinta-feira, 1º.

O ator explicou em detalhes que havia bebido além da conta a ocasião – em junho de 2017– por causa da comemoração ao documentário que dirigiu chamado “Eu Sonho Pra Você Ver”.

“A gente estava comemorando, eu saí, fui fazer xixi lá fora, alguém chegou, teve uma discussão, uma briga, foi ruim. Eu levei três chutes na cara, rolei o barranco e as pessoas filmando, é muito cruel isso, as pessoas ficam filmando e você fica naquela impotência. Em um lugar que não era a minha cidade, não conhecia ninguém ali, estava só com a minha equipe”, desabafou.

O galã revelou ainda que foi levado ao hospital para cuidar dos machucados, porém uma pessoa saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) apenas para filmá-lo naquelas condições. Isso fez com que ele perdesse a cabeça.

“[…] E aí eu saí do hospital completamente desesperado, a gente chamou a polícia, mas eles acharam que estava tendo alguma confusão. Obviamente eu saí do tom, não tratei a polícia com respeito, gritei com eles, mas imediatamente fui algemado. Isso para mim foi uma coisa muito violenta e eu reagi. Foi tudo errado”.

Ao ser questionado por Pedro Bial sobre o seu diagnóstico de dependente químico, Assunção confirmou: “Sim, já tive uso exagerado e uma relação obsessiva. É uma coisa que pode acontecer, porque você não sabe se o uso recreativo de alguma coisa vai te levar a isso”.

O apresentador, então, argumentou que, embora a situação possa acontecer com qualquer um, quando se é “uma pessoa pública, é muito difícil impor limites entre os teus demônios pessoais e os outros consumirem isso”.

Fábio, por sua vez, completou: “Para mim, esse assunto já foi. Já estou em outra fase. Mas é um assunto muito recorrente, tem uma coisa de estigma, que eu tenho que lidar”, reconheceu.

O ator também disse que, após a divulgação das notícias sobre sua prisão, diversos internautas criaram memes fazendo piada com o termo “sextou” – dando a entender que o famoso passou dos limites. Foi aí que Assunção se deu conta de que não tinha controle do assédio do público.

“Eu conversei com o meu filho e disse que ia processar [a pessoa que criou um dos memes]. Ele me disse: ‘Pai, não faça isso, não. É zoeira’. Aí me caiu uma ficha de estar pegando essa pilha, levando isso a sério, e não é sério. E realmente, só eu posso dar importância ou não a isso”, finalizou.

Brasil
Governadores do Nordeste fecham agenda única para levar a Bolsonaro
Brasil
Homem é preso por abuso após tentar degolar cachorro dentro de casa
Tecnologia
Pagamento do 5º lote do do abono do PIS/Pasep começa nesta terça-feira
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.