Brasileirão Série A
Publicada em 13/09/2018 às 22h59. Atualizada em 13/09/2018 às 22h59
De virada, Chapecoense vence o Atlético-PR e manda o Vasco para a ZR
Por outro lado, o Furacão não conseguiu abrir da ZR e segue ameaçado
Por: Enzo Gabriel | Fonte: LANCE!


Com a vitória, Chapecoense chegou a 25 pontos (Foto: Reprodução)

Em um jogo fraco, e repleto de erros, a Chapecoense venceu o Atlético-PR por 2 a 1 na noite desta quinta-feira, na Arena Condá. Com o triunfo, o time catarinense saltou para a 16ª colocação, com 24 pontos, e mandou o Vasco da Gama para a zona de rebaixamento. Por outro lado, o Furacão não conseguiu abrir da ZR e segue ameaçado.

O primeiro tempo foi bem pobre tecnicamente. O Atlético-PR errava muitos passes e apostava muito na bola longa. Assim levava pouco perigo. Neste cenário, Bruno Guimarães e Thiago Heleno tiveram as melhores oportunidades. Já a Chape assustou com Diego Torres, em cobrança de falta, mas o goleiro Santos fez boa defesa.

Na etapa final o cenário era parecido. O Atlético-PR tinha problemas na construção e a Chapecoense apostava nas jogadas pelos lados. Mas, em uma das poucas vezes em que conseguiu trocar bons passes, o Furacão abriu o placar com Pablo, que recebeu um bom cruzamento de Renan Lodi e não desperdiçou: 1 a 0.

No entanto, a alegria durou pouco. Em uma jogada pelo lado direito, Bruno Silva cruzou para trás. O volante Bruno Guimarães tentou cortar, mas mandou contra o próprio gol e deixou tudo igual: 1 a 1.

Já na reta final da partida, a Chapecoense passou a pressionar muito. Após uma série de bolas levantadas para a área, o atacante Leandro Pereira ganhou uma disputa de Thiago Heleno e mandou, de cabeça, pro fundo da rede. 2 a 1 de virada.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 2X1 ATLÉTICO

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC).

Data: Quinta-feira, 13 de setembro de 2018.

Horário: 20h.

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP).

Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP).

Cartões amarelos: Bruno Guimarães, Pablo e Diego Ferreira (CAP).

Gols: Pablo, aos 15′ 2ºT (0-1)/ Bruno Guimarães, contra, aos 32`2ºT (1-1)/ Leandro Pereira aos 42′ 2ºT (2-1).

Chapecoense: Jandrei; Eduardo, Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo (Canteros), Doffo (Bruno Silva) e Diego Torres (Yann); Victor Andrade e Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.

Atlético-PR: Santos; Diego Ferreira, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Wellington, Bruno Guimarães (Anderson Plata) e Raphael Veiga (Bergson); Rony (Matheus Rossetto), Marcinho e Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

Tags: ,
Pernambuco
Preço médio da gasolina sobe e chega a R$ 4,65 mesmo sem reajuste nas refinaria
Eleições 2018
Julio Lossio é expulso do partido e está fora da disputa ao governo de Pernambuco
Empregos
Brasil abriu 110.431 novos postos de trabalho em agosto
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.