Eleições 2018
Publicada em 11/09/2018 às 09h54. Atualizada em 11/09/2018 às 09h54
Em possível 2º turno, Bolsonaro perde para Ciro, Alckmin e Marina, diz Datafolha
O candidato Jair Bolsonaro (PSL) perde para os concorrentes…
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


A pesquisa tem nível de confiança de 95% e foi divulgada nesta segunda-feira (10) / Fotos: AFP

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) perde para os concorrentes Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) nas simulações de segundo turno feitas pelo instituto Datafolha. No caso de o oponente ser Fernando Haddad, que deve substituir o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na chapa do PT, o deputado federal aparece tecnicamente empatado.

Na simulação entre Ciro e Bolsonaro, o pedetista subiu de 38% em agosto para 45% hoje, enquanto o militar manteve os 35%. Votos brancos e nulos caíram de 23% para 17%, enquanto os que não souberam ou não opinaram oscilaram de 4% para 3%. No cenário em que concorrem Alckmin e Bolsonaro, o tucano subiu de 38% para 43% e o candidato do PSL oscilou de 33% para 34%.

Brancos e nulos caíram de 25% para 20%. Não souberam ou não opinaram se mantiveram em 3%. No segundo turno entre Marina e Bolsonaro, a candidata da Rede oscilou de 45% para 43%, enquanto o deputado federal subiu de 34% para 37%. Votos brancos e nulos passaram de 20% para 8%.

O número de eleitores que não souberam ou não opinaram permaneceu em 2%. Contra Haddad, o candidato do PSL manteve 38% nos dois levantamentos, enquanto o petista subiu de 29% para 39%. Considerando-se a margem de erro de dois pontos porcentuais, os dois aparecem tecnicamente empatados. Votos brancos e nulos caíram de 28% para 20%. Não souberam ou não opinaram oscilaram de 4% para 3%. Outros cenários Haddad perde, no entanto, nos dois outros confrontos de segundo turno com o nome dele testados pelo Datafolha. 

Tags: Cotidiano, Brasil,
Palmares
Altair Junior vira réu por improbidade administrativa no caso de atraso dos salários
Política
Lula chega à Justiça Federal para ser interrogado em processo da Lava Jato
Brasil
Com eleição de Bolsonaro, Cuba anuncia fim da parceria com Brasil no Mais Médicos
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.