Concurso
Publicada em 02/09/2018 às 15h20. Atualizada em 02/09/2018 às 15h20
Concurso MP-PE: órgão prevê edital em setembro e provas em dezembro
De acordo com o MP-PE, o edital do concurso para técnicos e analistas ministeriais deve ser divulgado no dia 18 de setem
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


Resultado de imagem para concurso

Já para nível superior serão contempladas 10 vagas, sendo sete para área jurídica, uma para auditoria, uma para Biblioteconomia e uma para documentação. Haverá ainda cadastro de reserva para as especialidades de Serviço Social, Medicina, Engenharia Civil, Comunicação Social e Informática.

De acordo com a estrutura remuneratória do MP-PE, os ganhos iniciais dos analistas ministeriais são de R$4.809,54. Tais valores podem passar a R$22.099,68, no final da carreira.

Concurso MP-PE tem comissão e banca definidas

Em novembro de 2017, o MP-PE solicitou à Procuradoria Geral de Justiça a abertura de concurso público de provas e títulos para o preenchimento de vagas para técnicos e analistas ministeriais. Na época, o secretário-geral do MP-PE, Alexandre Augusto Bezerra destacou a importância de uma nova seleção para servidores.

"O concurso público para preenchimento do quadro efetivo é uma necessidade, mesmo diante da iminência do redimensionamento de pessoal a ser proposto pela Comissão de Estruturação das Promotorias e Procuradorias de Justiça", avaliou.

Apenas em abril deste ano, no entanto, o órgão teve autorização para definir os servidores responsáveis por compor a comissão organizadora. Os profissionais, então, elaboraram o termo de referência de concurso para escolher a banca organizadora.

No dia 22 de agosto, a Fundação Carlos Chagas foi divulgada como a empresa que aplicará as provas objetivas e ficará a frente da organização do concurso MP-PE para área de apoio. O regime de contratação do órgão é o estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia.

Último concurso MP-PE ocorreu há seis anos

O Ministério Público de Pernambuco divulgou o edital do último concurso para servidores em 2012. A banca organizadora também foi a FCC. Ao todo, foram oferecidas 38 vagas para os cargos de técnico e analista ministerial.

O cargo de técnico ministerial teve as oportunidades distribuídas pelas áreas Administrativa (com exigência do nível médio) e Contabilidade, Eletrônica, Telecomunicações e Informática (com requisito de nível técnico na área). Os vencimentos iniciais eram de R$2.160,73. 

Já para a carreira de analista ministerial, as vagas foram para as especialidades de Arquitetura, Ciências Contábeis, Comunicação Social (Jornalismo), Engenharia Civil, Informática, Jurídica, Psicologia e Serviço Social, tendo como requisito o nível superior. Os ganhos eram de R$3.578,37.

Todos os candidatos foram avaliados por provas objetivas, com 60 questões. Para técnicos, foram 30 perguntas de Conhecimentos Básicos e 30 de Conhecimentos Específicos. Já para analistas foram cobradas 20 questões básicas e 40 específicas.

Foram considerados aprovados os inscritos a técnico que somaram 150 pontos na objetiva. Já para conseguir a aprovação para analista foram necessários 200 pontos. Somente os concorrentes de nível superior também foram submetidos a prova de títulos. 

Tags: Cotidiano, Brasil,
Eleições 2018
Ibope: Bolsonaro é mais rejeitado no Nordeste e Haddad entre os mais ricos
Violência
Quadrilha explode agência do Banco do Brasil em Moreno,PE
Eleições 2018
Na TV, Armando acusa Paulo de envolvimento em fraudes na enchente da Mata Sul
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.