Agreste
Publicada em 10/07/2018 às 15h56. Atualizada em 10/07/2018 às 15h56
Após série de ataques,policiais encontram explosivos intactos no Santander de Surubim
Material, segundo o Bope, conhecido como "emulsão", é geralmente utilizado para explodir pedreiras
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


Agências foram arrombadas por criminosos durante a madrugada

Horas após a investida criminosa contra quatro agências bancárias no Centro de Surubim, no Agreste de Pernambuco, policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) localizaram seis explosivos intactos dentro do Santander da cidade, localizado na rua João Batista. 

As instituições financeiras - Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal, além do Santander - foram alvo de criminosos por volta da 0h30 desta terça-feira (10). O material encontradointacto, segundo o Bope, conhecido como "emulsão", é geralmente utilizado para explodir pedreiras.

Os artefatos foram deixados pelos suspeitos após acessaram o cofre da agência. "Esse material encontrado [os explosivos] foi deixado na agência. Uma parte explodiu, eles tiveram acesso ao cofre e abandonaram esse material no interior. Tivemos que desativar para poder entrar", detalhou o sargento do Bope Josimario Paiva. "A primeira explosão já desliga a rede elétrica e eles concluem a ação às escuras, um dos motivos pelo qual não levaram esse material que sobrou. Não tem luminosidade para isso", acrescentou o sargento.

A quantia levada pelos criminosos não foi informada pelo banco. "Dentro da agência encontramos dinheiro rasgado e queimado", completou o sargento Josimario. O material foi recolhido e removido em uma viatura do Bope.

Tags: Cotidiano, Brasil,
Política
TSE rejeita pedido para declarar Lula inelegível imediatamente
Brasil
Brasil tem 677 casos de sarampo confirmados, diz Ministério da Saúde
Política
Em cenário sem Lula, Haddad venceria no 1º e 2º turno em Pernambuco, diz pesquisa
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.