Lava Jato
Publicada em 03/07/2018 às 11h33. Atualizada em 03/07/2018 às 11h33
Eike Batista é condenado a 30 anos de prisão pela Lava Jato do Rio
É a primeira condenação do empresário na força-tarefa fluminense. Ele está em prisão domiciliar.
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


O empresário Eike Batista foi condenado a 30 anos de prisão na Lava Jato do Rio de Janeiro. A decisão consta na sentença da Operação Eficiência, assinada pelo juiz Marcelo Bretas nessa segunda-feira (2). Eike está em prisão domiciliar e seria levado ao regime fechado em caso de condenação em segunda instância.

No mesmo processo, o ex-governador Sérgio Cabral foi condenado a 22 anos e oito meses. Também foram condenados a ex-primeira dama Adriana Ancelmo, o ex-secretário Wilson Carlos, o ex-braço direito de Cabral, Carlos Miranda, e o braçi-direito de Eike, Flavio Godinho.

Eike já foi considerado o oitavo homem mais rico em lista da revista Forbes, com sua fortuna de R$ 34 bilhões. Investigado na Operação Calicute, chegou a ser preso mas obteve a prisão domiciliar depois de um recurso.

O empresário foi acusado de pagar propina para conseguir facilidades em contratos no estado do RJ na gestão Cabral, inclusive através de um contrato fictício. 

Alagoas
Comissão Interamericana de Direitos Humanos diz que há sinais de execução sumária
Política
Maitê Proença é cotada para Ministério do Meio Ambiente no governo Bolsonaro
Segurança Pública
Pernambuco é o estado do Nordeste com mais adolescentes infratores
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.