Segurança Pública
Publicada em 14/06/2018 às 08h15. Atualizada em 14/06/2018 às 08h15
Polícia deflagra ação contra organização envolvida em homicídios, tráfico e venda de
Operação Intramuros cumpre 17 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão no Recife
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


Os detalhes sobre a Intramuros serão divulgados ás 7h, na sede do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais, em Afogados / Foto: Reprodução/Google Street View

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou, na manhã desta quinta-feira (14), uma ação contra pessoas envolvidas com homicídios, tráfico de drogas e comércio de armas e munição. A Operação Intramuros cumpriu 17 mandados de prisão preventiva e 13 de busca e apreensão domiciliar, no Recife e nos municípios de Carpina e Paudalho, na Zona da Mata Norte.

Os mandados, segundo a polícia, foram expedidos pela Comarca de Carpina. O objetivo da ação foi prender integrantes de uma organização criminosa que estava sendo investigada desde novembro de 2017. O nome da operação diz respeito a lideranças autuadas em presídios e Pernambuco.

Do total de mandados de prisão, 10 foram cumpridos contra pessoas que já estavam em unidades prisionais. Entre os alvos soltos, oito capturas ocorreram em Carpina, uma no Recife e uma em Paudalho. A Intramuros é a 22ª operação de repressão qualificada deste ano.

De acordo com o chefe da Polícia Civil, delegado Joselito do Amaral, durante a ação, foram apreendidas armas, cocaína e maconha. "Vamos divulgar esses dados depois de consolidar as informações", afirmou.

Segundo ele, a organização tinha grande participação no tráfico de drogas e venda de armas no Recife e Região Metropolitana. "Os homicídios estavam relacionados ao comércio de entorpecentes", acrescentou.

Participaram da operação 80 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, além de uma equipe de resgate com quatro bombeiros.

A Operação foi coordenada pela diretoria de polícia do interior e supervisionada pela chefia da corporação. Também houve apoio da Secretaria-Executiva de Ressocialização (Seres), que cuida das unidades prisionais.Os presos e o material apreendido foram levados para o Deaprtamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), em Afogados, na Zona Oeste do Recife.

Tags: Cotidiano, Brasil,
Política
Senado terá número recorde de candidatos à reeleição
Televisão
Silvio Santos revela: 'Eu gosto mais das novelas da Globo'
Copa do Mundo
Neymar deixa estádio mancando, mas diz que não preocupa e deve treinar normalmente
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.