Política
Publicada em 09/06/2018 às 06h53. Atualizada em 09/06/2018 às 06h56
Após e-mail de FHC a Odebrecht, empresas doaram a candidato tucano
Distribuidoras do Grupo Petrópolis fizeram repasses a Antero Paes de Barros, que nega irregularidades.
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


Duas empresas ligadas ao Grupo Petrópolis - que eram usadas pela Odebrecht para, de acordo com delatores, fazer pagamento de caixa 2 - aparecem na declaração eleitoral de Antero Paes de Barros, candidato ao Senado pelo PSDB, do Mato Grosso.

As empresas são a Leyroz de Caxias Indústria, Comércio e Logística e a Praiamar Indústria Comércio e Distribuição.

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (8), pelo jornal "O Globo". Os dados foram obtidos por meio de um cruzamento entre uma planilha paralela da Odebrecht, apreendida na 23ª fase da Lava Jato, e a prestação de contas do candidato tucano.

Segundo reportagem do jornal O Globo, a planilha da Odebrecht registra a doação de R$ 100 mil para a campanha de Antonio Paes de Barros Neto, em 29 de setembro de 2010. Em sua delação premiada, Marcelo Odebrecht explicou que usava outras empresas para fazer doações a candidatos.

Tags: Cotidiano, Brasil,
Política
Senado terá número recorde de candidatos à reeleição
Televisão
Silvio Santos revela: 'Eu gosto mais das novelas da Globo'
Copa do Mundo
Neymar deixa estádio mancando, mas diz que não preocupa e deve treinar normalmente
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.