Brasil
Publicada em 08/06/2018 às 21h38. Atualizada em 08/06/2018 às 21h38
Jovem de 16 anos morre eletrocutado ao carregar celular
Jovem estava assistindo aula no momento do choque elétrico.
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


Iago Aguiar, do 2º ano do ensino médio, assistia a uma aula no momento do acidente

Um estudante de 16 anos morreu após receber uma descarga elétrica ao atender o próprio celular nesta quinta-feira (7) na cidade de Tianguá, interior do Ceará. O jovem estava carregando o aparelho telefônico, quando pegou o objeto e foi eletrocutado.

Uma amiga do estudante, que preferiu não se identificar, contou ao Portal G1 que ele estava assistindo a uma aula de informática no colégio onde estudava. O celular estava carregando em um dos computadores no momento do choque elétrico.

Iago Bastos Mendes recebeu a descarga elétrica e ficou desacordado. O jovem chegou a ser socorrido ao Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá, mas não resistiu.

A Delegacia de Tianguá informou que o corpo do estudante foi conduzido para a Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) de Sobral. O laudo com as causas da morte ainda não foi divulgado, segundo a polícia.


Estudante de 16 anos morreu eletrocutado no momento em que celular estava carregando em Tianguá.  (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Amigos e familiares de Iago Bastos lamentaram o ocorrido. "Era muito jovem, alegre. Uma tristeza pra todo mundo", disse uma amiga do estudante.

O Colégio Santa Maria, onde Iago estudava, emitiu uma nota de pesar lamentando ocorrido. O jovem estava na escola desde a infância e, atualmente, cursava o 2º ano do Ensino Médio.

"O Colégio Santa Maria, por meio da direção, professores, funcionários, colegas e comunidade, une-se à família de Iago, lamentando profundamente esta fatalidade, e pede a Deus, confiando em Sua infita misericórdia, para que Ele nos conceda sabedoria, força e discernimento nesta hora tão difícil", comunicou, em nota, a instituição de ensino.

Tags: Cotidiano, Brasil,
Eleições 2018
Dono de empresa suspeita de ajudar Bolsonaro fez o mesmo por Dilma
Política
PSOL pede para TSE suspender funcionamento do WhatsApp em todo país
Eleições 2018
Para juristas, há risco de cassação por compra de disparos no WhatsApp
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.