Brasil
Publicada em 16/04/2018 às 15h13. Atualizada em 16/04/2018 às 15h13
Após pedido da PM, manifestantes desocupam triplex atribuído a Lula em Guarujá, SP
Ocupação ocorreu na manhã desta segunda-feira (16) por militantes do MTST e Frente Povo Sem Medo.
Por: Marcos André Fonte:G1


Manifestantes do MTST e Frente do Povo estenderam faixas no triplex atribuído a Lula em Guarujá (Foto: G1 Santos)

Os cerca de 50 manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e da Frente Povo Sem Medo, que ocuparam o triplex atribuído ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Guarujá, no litoral de São Paulo, na manhã desta segunda-feira (16), desocuparam o local após negociação com a Polícia Militar. A ocupação durou cerca de quatro horas.

Segundo informações da Polícia Militar, os manifestantes quebraram o portão do estacionamento e pularam as grades para conseguir forçar sua entrada no Edifício Solaris. Como ocorreram danos ao prédio, será registrado um boletim de ocorrência na Delegacia Sede da cidade. Agora, a PM segue fazendo vistoria no apartamento.

O integrante do MTST Josué Rocha explica que os manifestantes saíram do local por volta do meio-dia e não há mais ninguém em frente ao prédio. "A Polícia Militar deu um prazo para sairmos, senão, poderia ter ação de reintegração e prisão dos manifestantes", conta.

Os manifestantes chegaram ao local por volta das 8h30. "Se o triplex é do Lula, podemos permanecer. Se não é, por que ele está preso?", argumenta Rocha. De acordo com ele, mais de 50 pessoas permaneceram dentro do triplex, e outros 100 manifestantes estavam em frente ao prédio.


Integrantes do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MTST) deixam o edifício 'Solaris' após ocuparem o triplex atribuído ao ex-presidente Lula no Guarujá, no litoral de São Paulo (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Tags: Cotidiano, Brasil,
Segurança Pública
Justiça determina que Decasp continue funcionando
Mundo
Mãe mata filhos de 7 e 9 anos, deixa carta e comete suicídio
Política
Bolsonaro deixa coletiva após pergunta sobre Mais Médicos
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.