São Paulo
Publicada em 09/03/2018 às 18h31. Atualizada em 09/03/2018 às 18h50
Raí despista, mas Aguirre fica perto de assumir São Paulo
O São Paulo está em vias de acertar com o sucessor do técnico Dorival Júnior, demitido na manhã desta sexta-feira
Por: Enzo Gabriel | Fonte: Gazeta Esportiva


O São Paulo está em vias de acertar com o sucessor do técnico Dorival Júnior, demitido na manhã desta sexta-feira. O favorito a ocupar o posto, segundo apuração da Gazeta Esportiva, é Diego Aguirre, sem clube desde 2017, quando deixou o San Lorenzo-ARG. O uruguaio já trabalhou em equipes como Internacional e Atlético-MG. Conhece bem, portanto, o futebol brasileiro, o que é visto com bons olhos por dirigentes e conselheiros.

Além disso, conta a favor de Aguirre o fato de ter atuado ao lado do diretor-executivo de futebol Raí e do coordenador de futebol Ricardo Rocha em 1990, no próprio São Paulo. Também conta com o aval do compatriota Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do clube do Morumbi.

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira, contudo, Raí fez mistério sobre o nome e tergiversou ao ser perguntado se o futuro treinador era estrangeiro. Em contrapartida, admitiu que o acerto está próximo de acontecer.

“Com relação a nomes, já temos um, entre outros, que estudamos. Foi unanimidade entre quem participou da decisão. Está bastante avançado, mas ainda em negociação. Por isso não darei detalhes ou nomes. Mas, em breve, vocês terão a notícia”, afirmou o dirigente.

“Não darei prazo para definir a negociação, mas está adiantado e deve fechar nos próximos dias”, reiterou, antes de falar que as características de comando procuradas pelo novo clube se assemelham às de André Jardine, que subiu do time sub-20 para integrar a comissão técnica fixa do profissional e que dirigirá de forma interina o São Paulo no duelo com o Red Bull, neste domingo.

“O novo técnico segue perfil do Jardine, que já trouxemos (para a comissão técnica fixa. Com postura, experiência e estilo exemplificado no Jardine, com padrão de jogo e time que se impõe. Não direi se é estrangeiro ou qualquer detalhe”, despistou. Raí também falou sobre o que espera do novo comandante. “Queremos padrão de jogo, com regularidade, segurança defensiva, mas propondo o jogo com muitas alternativas de ataque”, pontuou.

Outro indicativo da proximidade do acerto, revelado por Raí durante a entrevista, é que a provável novo treinador já concordou com a promoção de André Jardine e a sua incorporação ao corpo técnico.

“Conversei há pouco com o Jardine e diferentes pessoas da gestão. Ele quer estar no dia a dia e investir na sua formação, passar algum tempo em outras escolas, na Europa. Investimento de médio prazo e, obviamente, depende da confiança dele, de sentir segurança, da força que tivermos, a reação dele com os profissionais, a maturidade que vai conquistar. Mas a confiança é total e a comissão que está chegando concorda com essa estratégia”, assegurou Raí.

Tags: ,
Futebol
Náutico perde por 3x1 para o Bragantino e dificulta acesso
Mundo
Nova Droga conhecida como 'Pó de macaco' faz pessoas pularem de prédios
Brasil
Se aprovado, reajuste de 16,38% do STF irá aumentar desigualdade social
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.