Pernambuco
Publicada em 11/01/2018 às 22h22. Atualizada em 11/01/2018 às 22h31
Mata Sul: Ribeirão e Gameleira em situação crítica com cadastramento biométrico
Mais de 30% dos eleitores faltam cadastrar biometria em oito das 30 cidades do estado.
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1


Foto: Reprodução
Dos 30 municípios pernambucanos onde ocorre o cadastramento biométrico no ciclo 2017-2018, oito cidades aguardam mais de 30% dos eleitores realizarem o procedimento, que identifica o eleitor pelas impressões digitais. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), o baixo comparecimento do eleitorado preocupa em quatro localidades, sendo três no Grande Recife (São Lourenço da Mata, Cabo de Santo Agostinho e Camaragibe) e um da Zona da Mata Sul (Ribeirão), todas com o mesmo prazo de encerramento: dia 27 de março de 2018.

Segundo dados divulgados pelo TRE-PE nesta quinta-feira (11), a situação mais crítica se encontra no Cabo, onde faltam 58,43% dos eleitores fazerem o cadastramento. No município, 96.761 dos 162.214 eleitores foram cadastrados. Em seguida, vem a cidade de Ribeirão, onde 19.282 dos 32.264 eleitores realizaram o procedimento, o que equivale a 59,55%.

Em terceiro lugar nos percentuais mais baixos do cadastramento da impressão digital, aparece Camaragibe, onde, dos 122.313 eleitores, 74.951 compareceram ao cartório eleitoral, correspondendo a 60,37%. A lista continua com São Lourenço da Mata, que cadastrou 51.250 dos 79.339 eleitores, o que representa 63,45%.

A pouca procura pelo cadastramento biométrico também é registrada nos municípios de Gameleira, na Zona da Mata Sul, onde 64,98% dos eleitores tiveram a biometria cadastrada; em Carpina, na Zona da Mata Norte, com 65,53% de eleitores atendidos; Lagoa do Carro, também na Mata Norte, com 67,46%; e São José do Egito, no Sertão, com 68,47%.

O eleitor que não fizer o cadastramento biométrico terá o título cancelado e não poderá votar nas eleições de outubro de 2018, quando serão escolhidos presidente, senadores, deputados estaduais e federais, além de sofrer outras punições. “Ele também não vai poder se candidatar a nenhum cargo eletivo; caso seja aprovado em concurso público, não vai poder assumir cargos públicos; em universidades públicas, dificilmente vai conseguir a matrícula porque será exigida a quitação do documento eleitoral”, explica Eduardo Lucas, coordenador de biometria do TRE-PE.

O agendamento para o cadastramento biométrico é feito no site do TRE-PE. O Tribunal orienta que o eleitor faça o agendamento, mas informa que faz o atendimento mesmo sem marcação prévia – a pessoa pode ter que aguardar um pouco mais do que quem agendou, mas será atendida.

Eleições 2018
Dono de empresa suspeita de ajudar Bolsonaro fez o mesmo por Dilma
Política
PSOL pede para TSE suspender funcionamento do WhatsApp em todo país
Eleições 2018
Para juristas, há risco de cassação por compra de disparos no WhatsApp
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.