Política
Publicada em 09/01/2018 às 22h07. Atualizada em 09/01/2018 às 22h07
Feliciano defende Bolsonaro: honesto e aclamado no Brasil
O deputado comentou o caso no qual foi divulgado o patrimônio do pré-candidato a presidente Jair Bolsonaro.
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: LeiaJá

Foto: Lula Marques/Agência PT/Fotos Públicas
Após defender o presidente Michel Temer (PMDB), no ano passado, afirmando que o peemedebista foi “vítima de uma sórdida armação”, o deputado federal Marco Feliciano (PSC) defendeu nesta terça (9) Jair Bolsonaro após a divulgação do patrimônio do pré-candidato a presidente da República e dos seus filhos, que chegaria a mais de R$ 15 milhões.

Ao criticar o jornal Folha de S.Paulo, Feliciano falou por meio de vídeo divulgado em seu Facebook que a manipulação da reportagem era criminosa. “Ainda cita um carro em um valor de R$ 105 mil reais para ser estampado em primeira página do jornal, que informa como se tivesse descoberto uma falcatrua que não existiu”, criticou.

O deputado ressaltou que “está mais do que na cara” que Bolsonaro está em primeiro lugar nas intenções de votos. “A vitória de Bolsonaro nas urnas, em outubro, irá coroar as lutas contra o bolivarianismo e veremos a derrocada dessa imprensa marrom a serviço de um globalismo ateísta”.

Marco Feliciano também elogiou o deputado. “Há muito o que se fazer para alertar o nosso povo sobre esse conluio que visam tão somente tirar do páreo um político honesto aclamado em todo o Brasil por onde passa.  Eu termino pedindo a Deus que de forcas ao povo brasileiro para suportar tantas maquinações maquiavélicas nas próximas eleições e derramem bênçãos, principalmente, sobre Jair Bolsonaro. Força, capitão. Estamos juntos”, finalizou.

Eleições 2018
Dono de empresa suspeita de ajudar Bolsonaro fez o mesmo por Dilma
Política
PSOL pede para TSE suspender funcionamento do WhatsApp em todo país
Eleições 2018
Para juristas, há risco de cassação por compra de disparos no WhatsApp
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.