Brasil
Publicada em 19/12/2017 às 15h13. Atualizada em 19/12/2017 às 15h13
Rede de lojas Animale é autuada por escravidão e tráfico de pessoas
Fiscais flagram trabalho escravo em produção de roupas da Animale
Por: Marcos André Fonte:UOL


Roupas da grife de luxo Animale estariam sendo produzidas por oficinas com esquema de trabalho análogo à escravidão. As informações são do UOL.

Auditores fiscais do trabalho chegaram a três fábricas, onde imigrantes bolivianos recebiam cerca de R$ 5 para costurar peças, que chegavam a ser vendidas por até R$ 698 em lojas da grife.

Os costureiros contratados trabalhavam mais de 12 horas por dia, no mesmo local onde dormiam e dividiam o espaço com insetos e baratas.

Além disso, a presença de instalações elétricas mal feitas representavam um risco extra à segurança dos trabalhadores.

A fiscalização foi realizada em setembro deste ano por uma equipe composta pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de São Paulo e auditores da Receita Federal.

  • 70% dos brasileiros sabem que há trabalho escravo no país, diz pesquisa

Os casos já estão catalogados na base de dados do aplicativo Moda Livre, a ferramenta desenvolvida pela Repórter Brasil que mapeia 119 empresas e sua relação com a atividade escrava (se combatem ou não).


Tags: Cotidiano, Brasil,
Pernambuco
Sindicato dos Bancários contabiliza 23 explosões a banco este ano
Chuvas
Confira a previsão do tempo desta quarta-feira para Pernambuco
Mata Sul
Após troca de tiros dupla é presa com munições e drogas no Bairro da 'Grota do Bispo'
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.