Brasil
Publicada em 06/12/2017 às 13h16. Atualizada em 06/12/2017 às 13h23
Após prisão, governo do RJ quer transferência de Rogério 157 para presídio federal
Chefe do tráfico da Rocinha foi achado em casa no Arará, por policiais, em operação das polícias
Por: Marcos André Fonte:G1


O secretário de Segurança, Roberto Sá, enalteceu nesta quarta-feira (6) a prisão de Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157 e afirmou que vai pedir a transferência dele para um presídio federal. Para ele, a mudança dificultaria a articulação da organização criminosa.

"Não tenho dúvida de que sua prisão desarticula e desorienta as pessoas que o seguiam e o tinham como chefe desse bando", afirmou Sá.

"A História do Rio, infelizmente, mostra que essas pessoas são sucedidas e outros surgem. Por isso, tenho outra fala e suplico por maior compreensão: Há fatores que não interferimos. Prisões acontecem dia e noite", concluiu.

Sá lembrou que o criminoso participou da invasão do Hotel Intercontinental, em São Conrado, há uma década. O caso ocorreu em agosto de 2010, quando um grupo de traficantes da Rocinha entrou em confronto com a polícia em São Conrado, após serem surpreendidos quando voltavam de baile funk.

"Prisão emblemática. Embora não goste de enaltecer nem glamurizar criminoso, é um criminoso que há mais de 10 anos vem causando problemas para o Rio. Há 10 anos, disparava tiros de fuzil na Avenida Niemeyer. Fez dezenas de pessoas prisioneiras no Hotel (Intercontinental) para se entregar à polícia".

 

Tags: Cotidiano, Brasil,
Política
TSE pode cassar eventual diplomação de Lula e Bolsonaro, diz Gilmar
Recife
Advogado ferido em acidente de trânsito no Recife que deixou três mortos recebe alta
Entretenimento
Túlio Gadelha fala sobre William Bonner pela primeira vez
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.