Mata Sul
Publicada em 13/10/2017 às 06h18. Atualizada em 13/10/2017 às 06h18
MEC libera R$ 3,78 milhões para reformar escolas atingidas por chuvas na Mata Sul
O montante a ser liberado, de R$ 3,78 milhões, contemplará 24 unidades escolares
Por: Marcos André Fonte:PortalPE10

 

O Ministro da Educação, Mendonça Filho autorizou, nesta quarta-feira, 11, em Primavera (PE), o início das obras de reforma de escolas nos municípios pernambucanos de Amaraji, Caruaru e Quipapá. O montante a ser liberado, de R$ 3,78 milhões, contemplará 24 unidades escolares distribuídas nos três municípios. Esses prédios escolares tiveram suas estruturas afetadas pelas chuvas ocorridas em maio deste ano.

“A Mata Sul foi muito castigada e, logo depois daquelas chuvas, anunciávamos que iríamos socorrer os municípios da região e de Pernambuco, em particular”, afirmou o ministro Mendonça Filho. “Na minha área, da educação, assumimos um compromisso público de destinar para a Mata Sul cerca de R$ 22 milhões para atender vários municípios que pleiteavam recursos. ” O ministro reforçou que outras cidades pernambucanas também serão beneficiadas, mas lembrou que, para o governo federal liberar a verba, o município deve apresentar projetos e propostas para que o dinheiro chegue à população. “Todos os municípios que apresentarem e tiverem adequação do ponto de vista de recursos para serem liberados serão atendidos pelo MEC”, garantiu.

Escola – Em Primavera, Mendonça Filho visitou também a Escola Municipal José Joaquim de Santana. A instituição faz parte de um pacote de obras emergenciais de reconstrução de escolas estaduais e municipais, além de creches, localizadas nas regiões atingidas pelas enchentes de 2010 no município. O valor da obra é de R$ 997.307,04. A escola tem seis salas de aula, salas de leitura, de informática, de professores, da diretoria, secretaria, cozinha, sanitários, , almoxarifado, despensa, pátio central coberto e pátio descoberto. 

“Essa obra foi viabilizada pelo governo federal, por intermédio do FNDE e do governo do estado, para atender à educação básica aqui de Primavera”, explicou. “Quando se cuida da educação das crianças e dos jovens, na verdade se está investindo no futuro deles. Estamos lutando para construir um país diferente e melhor. Isso só é possível se a educação for a base da transformação verdadeira desse país. ” Ao todo, são 163 crianças atendidas na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental.    

A prefeita de Primavera, Dayse Juliana, destacou a importância do trabalho feito pelo ministro: “Educação é a base de tudo. Essa escola estava parada há dois anos. Era um verdadeiro desperdício termos uma escola como essa fechada. Os alunos, pais e professores agradecem pelo seu empenho, ministro”.

A ordem de serviço para o início da obra foi assinada em outubro de 2014. O valor foi repassado pelo FNDE, em parceria com o governo de Pernambuco e a prefeitura local, por meio da Operação Reconstrução. A conclusão da obra, no entanto, foi apenas em março do ano passado. As atividades tiveram início somente em 2017, já que a gestão anterior de Primavera alegou não ter recursos financeiros para comprar utensílios e mobiliário necessários para o funcionamento da escola, problema resolvido apenas na atual gestão. 

Chuvas – No dia 24 de julho deste ano, o ministro Mendonça Filho anunciou a liberação de recursos para obras de escolas e creches em municípios do estado de Pernambuco atingidos pelas chuvas. À época, 40 obras foram validadas pelo FNDE para todo o estado, totalizando R$ 22,7 milhões. Um dos municípios contemplados é o de Primavera. 

A cidade também será beneficiada com a construção de uma nova escola estadual, que terá 12 salas e capacidade para atender até 780 estudantes. “Primavera será contemplada por outra obra importante. Estamos liberando quase R$ 4 milhões para a construção de uma escola estadual nova para atender os alunos do ensino médio da cidade”, finalizou o ministro.

Brasil
Brasil pode voltar ao mapa da fome da ONU após crise,diz economista
Brasil
'Pais são tão ou mais culpados do que ele', diz mãe de estudante morto em Goiás
Brasil
Mãe de estudante morto a tiros dentro de escola em Goiânia diz estar 'despedaçada'
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.