Política
Publicada em 12/10/2017 às 07h54. Atualizada em 12/10/2017 às 07h54
Renan se livra de mais um inquérito (o 4º) a que respondia na Operação Lava Jato
Foi o quarto inquérito a que o senador alagoano respondia arquivado pela Justiça pela fragilidade de provas.
Por: Bruna Cavalcante Fonte:UOL


Resultado de imagem para renan calheiros

A Segunda Turma do STF rejeitou nesta terça-feira (10) por 4 votos a zero uma denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal contra o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) por suposto recebimento de R$ 800 mil de uma empresa que prestava serviços a Petrobrás em troca de apoio à permanência de Paulo Roberto Costa na diretoria de abastecimento da estatal.

Foi o quarto inquérito a que o senador alagoano respondia arquivado pela Justiça pela fragilidade de provas.Segundo o relator do processo, ministro Édson Fachin, as provas são frágeis e consequentemente insuficientes para a abertura de ação penal contra os dois peemedebistas.

O voto do relator foi acompanhado pelos ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. O ministro Celso de Mello, que é o quinto ministro da Turma, faltou à sessão.

Ao tomar conhecimento da decisão, o senador Renan Calheiros disse o seguinte: “Foi uma demonstração de que vazamentos mentirosos e delações forçadas não se sobrepõem aos fatos reais. Nunca cometi ato ilícito algum. Por isso, acredito que essas denúncias irresponsáveis, injustas e deliberadamente fracionadas pelo ex-procurador, seguirão o destino das quatro já arquivadas e serão rejeitadas uma a uma”.

Ainda na data de hoje (10), foi arquivado um segundo inquérito que havia sido instaurado pela Polícia Federal para apurar se os senadores Renan Calheiros e Romero Jucá (PMDB-RR), além do ex-presidente José Sarney (PMDB-MA), agiram para “abafar” a Operação Lava Jato.

A acusação foi feita pelo ex-residente da Transpetro Sérgio Machado (PMDB-CE), que, munido de um gravador portátil, gravou os três companheiros peemedebistas e depois entregou as fitas a Rodrigo Janot.

Tags: Politica, Brasil,
Palmares
Prefeitura realiza obras na área de entorno da rodoviária de Palmares,PE
Brasil
Papai Noel é alvo de pedradas de crianças ao ficar sem balas no interior
Acidente
Carreta tomba em trecho da BR-101, após condutor perder controle do veículo
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.