Brasil
Publicada em 12/10/2017 às 07h32. Atualizada em 12/10/2017 às 07h32
Conheça o galo gigante vendido por R$ 154 mil
Com 1,24 metro de comprimento entre a unha o bico, Hokaido chegou aos oito quilos...
Por: Marcos André Fonte:CanalRural


Resultado de imagem para galo gigante vendido por R$ 154 mil

Um galo da raça índio gigante, da variedade crista bola, foi vendido na última semana pelo valor de R$ 154 mil na cidade de Guareí, no interior de São Paulo. De acordo com André Pletsch, diretor do criatório responsável pelo animal, esse valor é o mais alto já registrado em leilões de galos da raça.

Com 1,24 metro de comprimento entre a unha o bico, Hokaido chegou aos oito quilos e tem como uma das principais características a precocidade e a qualidade genética.  “Ele é como um galo caipira, mas muito mais precoce e com tamanho maior. Ele tem uma qualidade genética reconhecida, tanto é que a sua irmã, a Kiara, também foi vendida neste leilão por mais de 72 mil”, contou André.

Hokaido foi arrematado por um produtor rural de Sorocaba, também no interior de São Paulo, que pretende recuperar o investimento nas próximas gerações do galo. “O lucro desse comprador será com os filhotes, pois o Hokaido é um galo com cinco gerações de acompanhamento, com genética forte, o que fará que seus filhos tenham um valor ainda maior”, disse.    

A raça é resultado do cruzamento de galinhas caipiras com galos de briga, mas apesar dessa origem, ele é bem manso. Entre as características do índio gigante estão as canelas grossas e amarelas, carcaça volumosa e arredondada, rabo voltado para baixo, cabeça larga e grossa e pele entre bico e o pescoço, conhecida como barbela de boi.   

Tags: Cotidiano, Brasil,
Brasil
Brasil pode voltar ao mapa da fome da ONU após crise,diz economista
Brasil
'Pais são tão ou mais culpados do que ele', diz mãe de estudante morto em Goiás
Brasil
Mãe de estudante morto a tiros dentro de escola em Goiânia diz estar 'despedaçada'
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.