Futebol
Publicada em 02/10/2017 às 07h47. Atualizada em 02/10/2017 às 07h47
Com o Z-4 no retrovisor do Sport, Luxa critica número de rebaixados: "Injusto"
Treinador vê exagero em quantidade de clubes que caem para a Série B do Brasileiro
Por: Bruna Cavalcante Fonte:UOL


Vanderlei Luxemburgo acredita que número de rebaixados para a Série B é injusto  (Foto: Marcos Ribolli)

Vanderlei Luxemburgo decidiu criticar a fórmula do Campeonato Brasileiro, após ver seu time ser derrotado para o São Paulo, por 1 a 0, neste domingo. Com a mesma pontuação do Avaí, que abre a zona de rebaixamento com 30, e podendo entrar no Z-4, caso a Ponte Preta, que tem 28, vença o Flamengo, nesta segunda-feira, o treinador destacou o que, para ele, é injusto: o número de clubes que caem para a Série B.

- O Campeonato Brasileiro é muito difícil. O meu parecer não é só achar que está perto da zona da degola. O meu questionamento é se é justo cair 20% dos clubes. Sempre terá um clube grande caindo. Acho que é muito. Não sei se isso é por questões comerciais, mas eu não tenho que cuidar disso. Mas desde que iniciou a competição dessa forma, sempre tem um grande clube caindo. Ou você está na parte de cima ou lutando para cair – disse o treinador, questionando a fórmula iniciada em 2006.

Em relação ao momento do Sport, que não vence há nove jogos, Luxemburgo acredita que o time precisa de um pouco mais de sorte. Segundo o treinador, o Rubro-negro não tem vencido nem mesmo quando joga bem. Situação que o dá confiança para tirar o clube da má fase.

- A gente joga bem, mas não vence. Sabemos que temos condições. Contamos com os jogos da Ilha do Retiro. O que nos dá segurança é que vemos a equipe produzindo. Temos a preocupação normal, porque estamos perto, mas temos a confiança de que vamos sair.

Sobre o duelo contra o São Paulo, Luxemburgo acredita que o Sport conseguiu realizar um jogo equilibrado e que poderia sair de campo com um resultado favorável.

- O jogo estava equilibrado no primeiro tempo e acharam o gol numa bola que rebateu na defesa. No segundo tempo nós jogamos o São Paulo para trás e fomos melhores.

Ciente de que a saída de Anselmo, que vinha atuando bem, causou estranhamento entre os torcedores, Luxemburgo explicou que a saída do atleta para a entrada de Thomás foi motivada por cansaço.- Ele cansou. Ele estava jogado bem, mas ele cansou. Não era a mudança que eu queria fazer.

Tags: Esporte,
Problemas de Saúde
Simone volta a subir ao palco sem Simaria, que está doente
Mata Sul
Propriedade de Água Preta, na Mata Sul entra na Nova lista suja do trabalho escravo
Empregos
Prefeitura de Limoeiro reabre inscrições para seleção
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.