Carreiras
Publicada em 25/09/2017 às 15h55. Atualizada em 25/09/2017 às 15h55
Câmara e prefeitura no agreste anunciam concurso público,após assinar TAC com MPPE
MP constatou que não se realiza concurso público em Jataúba há vários anos
Por: Marcos André Fonte:G1


Na manhã desta segunda-feira (25) o prefeito e o presidente da Câmara de Vereadores de Jataúba, no Agreste, assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) diante do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), se comprometendo em realizar concurso público, para preencher o quadro de servidores do município.

O MPPE constatou que não se realiza concurso público em Jataúba há vários anos, ferindo o princípio constitucional do concurso público. Ainda de acordo com o documento, assinado pelo promotor de Justiça Antônio Rolemberg Feitosa Júnior, o prefeito Antônio Cordeiro do Nascimento, tem até o dia 31 de março de 2018 para providenciar e contratar a entidade responsável pela realização do concurso público de provas e títulos para todos os cargos efetivos vagos do município.

O promotor disse ainda que nesse mesmo prazo deverá ser apresentado um calendário de realização do concurso, com a previsão da nomeação dos aprovados imediatamente após a homologação. "Também se faz necessário a criação de um cargo de procurador-geral do município, cargo em comissão, privativo de bacharel em direito, com inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil", diz o TAC.

O MP observou ainda que devem ser criados dois cargos de procurador municipal, sendo estes dois últimos de provimento efetivo mediante concurso público. Ainda segundo o TAC, no caso da Câmara, ficou acordado que no prazo de 90 dias, contados a partir do dia 3 de julho de 2017, deverá ser providenciada a contratação da empresa responsável pela realização do concurso.

"Nesse mesmo prazo o presidente da câmara apresentará o calendário de realização do concurso, com a respectiva previsão para nomeação dos aprovados no primeiro mês da 1ª Sessão Legislativa Ordinária da Câmara Municipal de 2018", diz o texto.

Brasil
Brasil pode voltar ao mapa da fome da ONU após crise,diz economista
Brasil
'Pais são tão ou mais culpados do que ele', diz mãe de estudante morto em Goiás
Brasil
Mãe de estudante morto a tiros dentro de escola em Goiânia diz estar 'despedaçada'
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.