Esportes
Publicada em 19/09/2017 às 09h36. Atualizada em 19/09/2017 às 09h49
Gol de mão de Jô leva CBF a antecipar árbitro de vídeo no Campeonato Brasileiro
A notícia foi divulgada na página da CBF na internet e diz que “em função da incidência de erros recentes
Por: Marcos André Fonte:G1


Gol de Jô - Partida entre Corinthians e Vasco, válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro

O erro da arbitragem no jogo Corinthians x Vasco, neste domingo (17), ao não invalidar o gol de Jô com a mão, que determinou a vitória corintiana por 1x0, levou a Confederação Brasileira de Futebol  (CBF) a anunciou que vai antecipar o uso de árbitro de vídeo nas partidas do Campeonato Brasileiro da Série A, previsto para as rodadas finais da competição.

A notícia foi divulgada na página da CBF na internet e diz que “em função da incidência de erros recentes que poderiam ser evitados com a utilização da tecnologia, o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, reuniu a equipe, nesta segunda-feira, e determinou que o árbitro de vídeo seja aplicado o quanto antes nas partidas do Brasileirão – Série A”.

Como a nota informa que medida deve ser aplicada “o quanto antes”, não há data prevista para entrar em vigor. Segundo a CBF, ao longo deste ano, representantes da entidade e árbitros brasileiros participaram de treinamentos teóricos e práticos sobre o tema, incluindo a capacitação que vem sendo feita desde a semana passada na sede da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), em Assunção, no Paraguai.

Fim de semana

De acordo com a CBF, o presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Marcos Marinho, está trabalhando para acertar os detalhes e viabilizar o árbitro de vídeo o mais rápido possível. O árbitro de vídeo poderá ser adotado já na 25ª rodada da série A, no próximo fim de semana, a menos que não haja condições técnicas para que todos os jogos contem com o recurso.

Embora o diretor de arbitragem tenha admitido que houve o erro da equipe que atuou na partida, ao não assinalar o toque de mão de Jô no gol do Corinthians, Marinho garantiu que não haverá punição ao árbitro e seus auxiliares, entre eles Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, que estava atrás do gol do Vasco, a poucos metros de Jô, e não alertou o juiz Elmo Alves Resende Cunha sobre a infração.

Tags: ,
Pernambuco
Motorista morre após perder controle de carro e cair em rio na BR-101
Mata Sul
Durante blitz em Cortês polícia recupera moto roubada
Política
'Não consegui ainda convencer a mim mesmo de que devo ser candidato', diz Barbosa
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.