Política
Publicada em 13/09/2017 às 06h55. Atualizada em 13/09/2017 às 07h21
Elias Gomes do PSDB-PE se oferece ao partido para disputar o governo estadual em 2018
Ex-prefeito Elias Gomes do PSDB-PE se oferece ao partido para disputar o governo estadual
Por: Bruna Cavalcante Fonte:UOL


Resultado de imagem para Elias Gomes

Vice-presidente estadual do PSDB, o ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Elias Gomes, divulgou uma nota nesta terça-feira (12) cobrando mais debate interno no partido para sair da “inércia” em que se encontra e se colocando à disposição dele para disputar o governo estadual.

Segundo ele, há poucos meses na presidência nacional do partido, o senador Tasso Jereissati (CE) foi capaz de “oxigená-lo”. É o que deveria fazer também o PSDB pernambucano, diz ele.

Veja a íntegra de sua nota:

I- Setores importantes do PSDB em nosso Estado demonstraram suas preocupações com a inércia partidária e com a falta de debate interno, ontem (11), ao lançarem um manifesto em defesa da democracia no partido e por uma ampla discussão sobre nossos rumos para 2018.

II- O momento pelo qual passamos no país exige de todos os ativistas políticos, lideranças e agremiações partidárias, a formulação de ideias e projetos para a superação da grave crise que é decorrente de velhas políticas e práticas danosas à nação. Esse é um momento demasiadamente complexo da história da nossa República.

III- O exercício democrático, a formulação de ideias e a rotatividade de nossas lideranças se traduz na salutar oportunidade dada ao vice-presidente nacional do PSDB, senador Tasso Jereissati, que em poucos meses oxigenou a vida partidária no Brasil. A convocação da nossa direção nacional para que renovemos o partido não teve eco em Pernambuco, onde se desonra e se descumpre solenemente um acordo feito com o atual presidente Antônio Moraes, membros da atual executiva, avalizado pelo ministro Bruno Araújo e aclamado na última convenção estadual. É o pior exemplo que podemos dar! É isto, está clara a política que não se deve praticar.

IV- Precisamos reanimar o nosso PSDB, reunir a nossa militância, ouvir a voz das ruas, construir propostas e conteúdos para que possamos ser também ouvidos e respeitados!  É necessário ter desprendimento, espírito público, respeito às diferenças e dar um rumo ao nosso partido, além de apresentarmos a Pernambuco a nossa proposta de governança, baseada em pontos inovadores, e fazermos a ruptura com as fórmulas tradicionais de enfrentar velhos problemas com antigas soluções.

V- O tucanato pernambucano não pode perder a rica oportunidade de ir ao encontro de nossa sociedade, desde as camadas mais simples, passando pela nossa intelectualidade, pela academia, movimentos sociais, pelos micro, pequenos, médios e grandes empresários e a nossa juventude. Enfim, homens e mulheres de todas as regiões e segmentos do nosso Estado, pactuando um projeto inovador, baseado em pontos cruciais, que tenho modestamente formulado com valiosas colaborações e que pretendo apresentar ao partido e à sociedade, em breve, permitindo, assim, um debate com conteúdo programático e estratégico.

VI- Dispomos de história, envergadura e quadros políticos capazes – e com uma ideia na mente, um sonho no coração, a ousadia e a coragem no peito – para sairmos da tímida e acovardada posição de eternos coadjuvantes e/ou mesmo excluídos do protagonismo político. Devemos colocar a serviço desta causa um dos nossos muitos nomes disponíveis, não como um prêmio, mas como uma honrosa missão de apresentar a Pernambuco um novo rumo, contrapondo-se a uma polarização desinteressante à democracia, à pluralidade de ideias e à construção de algo inovador na nossa política estadual.

VII- Nesse quadro, me coloco como alternativa para a disputa ao Governo do Estado, para liderar um amplo debate em torno de princípios, ideias e estratégias que permitam oferecer ao PSDB e a Pernambuco um caminho ainda não percorrido através de um novo projeto de governança. Entretanto, o PSDB dispõe outros nomes de grande envergadura a exemplo do deputado federal Daniel Coelho, dos ex-governadores João Lyra e Joaquim Francisco, do ministro Bruno Araújo, todos capazes de nos representar nessa missão.

VII- Reitero que não estou aqui apenas cogitando nomes, mas conclamando o nosso partido a assumir uma responsabilidade histórica, fazendo-o um partido ainda maior, ampliando a nossa representação junto à sociedade, à Assembleia Legislativa e à Câmara Federal. 

Por um Pernambuco melhor!
 
Elias Gomes 
Vice-presidente estadual do PSDB

Tags: Cotidiano, Brasil,
Mata Sul
Audiência Pública para debater adutora de Serro Azul é nesta sexta em Palmares
Pernambuco
Preso ex-prefeito chega de moleta na sede da Policia Federal no Recife
Mata Sul
Assalto a Bancos:policia cumpriu mandatos de prisão em Água Preta e Xexéu na Mata Sul
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.