Mundo
Publicada em 11/08/2017 às 14h03. Atualizada em 11/08/2017 às 14h03
Explosão por erro de coletes suicidas no Afeganistão mata 30 talibãs
Eles planejavam ataque contra as forças de segurança no Oeste do Afeganistão
Por: Redação PortalPE10 - Fonte: Agência Brasil


Pelo menos 30 talibãs morreram após a explosão por erro de dois coletes suicidas durante uma reunião na qual os insurgentes planejavam um ataque contra as forças de segurança no Oeste do Afeganistão, informou nesta sexta-feira (11) à Agência EFE uma fonte oficial. A informação é da Agência EFE.

"Pelo menos 30 insurgentes talibãs morreram depois que dois coletes e outra munição explodiram no distrito de Bala Bolok, na província de Farah", indicou o porta-voz do governador provincial, Naser Mehri, que não precisou o número de feridos pela detonação.

A fonte acrescentou que os insurgentes estavam reunidos na quinta (10) para planejar um ataque contra as forças de segurança afegãs e que entre os mortos estão "alguns" comandantes talibãs.

O porta-voz talibã Zabihullah Mujahid rejeitou, no entanto, em uma mensagem na sua conta do Twitter que tenha ocorrido alguma explosão na província de Farah.

Em julho, os talibãs mataram sete pessoas e sequestraram outras seis em uma estrada desta demarcação provincial, uma das mais inseguras do país.

A violência no Afeganistão se intensificou após o final em janeiro de 2015 da missão de combate da Organização do Tratado do Atlântico Norte, que continua no país com cerca de 13 mil soldados em tarefas de assessoria e capacitação.

Segundo o último relatório do Inspetor Especial para o Afeganistão dos Estados Unidos, a guerra do Afeganistão continua "estancada" com os talibãs controlando ou com influência em cerca de 40% do país.

Futebol
Real vira contra o Al Jazira e pega o Grêmio na final
Mata Sul
Ministério Público de Pernambuco fiscaliza pagamento do 13º pelas prefeituras de PE
Política
'Brasil está tão bem ou melhor do que no governo Lula'
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.