Brasil
Publicada em 12/06/2017 às 14h32. Atualizada em 12/06/2017 às 14h32
Sérgio Moro determina que PF devolva iPads dos netos de Lula
O ex-presidente pediu ao juiz que fosse feita a devolução, durante depoimento prestado em Curitiba.
Por: Redação PortalPE10 | Fonte: G1

O juiz Sérgio Moro, responsável pela investigação em primeira instância da Lava Jato, determinou que a Polícia Federal devolvesse, aos netos do ex-presidente Lula, tablets, modelo Ipad, da Apple, apreendidos no dia 4 de março do ano passado, durante a Operação Aletheia.

"Não tem este Juízo notícia de tal apreensão, mas se ocorreu deve ser tributado ao desconhecimento pelos agentes policiais do conteúdo dos aparelhos eletrônicos", escreveu Moro na decisão.

O juiz, no entanto, esclarece que a devolução dos aparelhos só é possível caso não seja verificado nenhuma relação dos tablets com a investigação. "Para evitar maiores delongas, deverá a autoridade policial informar se identificou, na apreensão, os referidos aparelhos pertencentes aos netos do investigado e, se positivo, para que promova a devolução mediante termo no prazo de 10 dias", pontuou.

Pedido

A reclamação de Lula sobre a apreensão dos iPads foi feita no último dia 10 de maio, durante depoimento em Curitiba. Quando Moro questionou ex-presidente com base em uma gravação em vídeo durante uma condução coercitiva do petista, esse respondeu: “Eu queria aproveitar, já que o senhor falou dessa coerção: determine que a Polícia Federal devolva os iPads dos meus netos. É uma vergonha. Ipad de neto de cinco anos. Está desde março do ano passado".

Segundo o portal G1, o despacho foi assinado por Sérgio Moro no dia 19 de maio e tinha prazo de 10 dias para ser cumprido.

Problemas de Saúde
Simone volta a subir ao palco sem Simaria, que está doente
Mata Sul
Propriedade de Água Preta, na Mata Sul entra na Nova lista suja do trabalho escravo
Empregos
Prefeitura de Limoeiro reabre inscrições para seleção
COMENTÁRIOS
Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do PortalPE10.
A responsabilidade é do autor da mensagem.